A Tesla é uma empresa inovadora, que espalhou os seus automóveis elétricos (e potentes) pelo mundo inteiro, criando uma legião de admiradores. Do ponto de vista do negócio, se trata de uma empresa de crescimento exponencial. Sendo assim, neste artigo vamos entender se a Tesla paga dividendos ou não.

A Tesla Inc. é uma empresa americana, fundada em 2003 pelo megaempresário Elon Musk. A empresa tem suas ações listadas na NASDAQ, em Nova York, com o ticker TSLA.

tesla paga dividendos

Por Que a Tesla Não Paga Dividendos?

Como foi colocado antes, a Tesla é uma empresa de crescimento exponencial, por isso, investe a maior quantidade de recursos financeiros disponíveis no próprio negócio. Isso implica em deixar de lado o pagamento de dividendos aos acionistas.

Geralmente, ao contrário de companhias maduras, as empresas de crescimento possuem muitas oportunidades diferentes para crescerem os seus negócios, o que demanda uma injeção constante de capital, que vai gerar mais dinheiro no futuro.

Em suma, ocorre um trade-off (que significa uma espécie de troca) entre crescimento e dividendos.

Não é possível uma empresa conseguir crescer exponencialmente sem deixar de lado o comprometimento de distribuir boa parte do seu fluxo de caixa aos acionistas na forma de dividendos.

O mesmo vale para a situação contrária: uma empresa que deseja distribuir parcelas relevantes do seu fluxo de caixa aos acionistas é obrigada a abdicar de crescimentos maiores no futuro.

No caso da Tesla, o próprio Site de Relações com Investidores da Companhia afirma em uma seção de perguntas frequentes que “A Tesla não paga dividendos. Nós pretendemos reter todos os lucros futuros para financiar o crescimento da companhia e, portanto, não antecipamos o pagamento de dividendos em dinheiro no futuro previsível

Elon Musk, o CEO da empresa, sabe que se sacrificar o seu fluxo de caixa neste momento ao distribuir dividendos, vai prejudicar (e muito) o crescimento da companhia, o que vai impedir a Tesla de alcançar os seus objetivos de longo prazo.

Investidores que compram ações de crescimento recebem retornos na forma de apreciação de capital no futuro (a diferença entre o valor de compra da ação e o valor atual).

Algumas grandes empresas que escolheram não distribuir dividendos durante o seu crescimento incluem: Apple, Facebook, Google, Amazon e Netflix.

Como Encontrar Ações de Crescimento

Assim como existem investidores que valorizam o recebimento de dividendos e preferem Ações Com Maior Dividend Yield, outros preferem Ações de Crescimento.

Ações de Dividendos são menos voláteis e mais previsíveis. Já as Ações de Crescimento são menos previsíveis e mais voláteis, podendo trazer ganhos maiores (mas também perdas em momentos de estresse do mercado).

As Empresas de Crescimento oferecem um crescimento relativamente maior do que a média de crescimento do resto do mercado.

Existem algumas características que possibilitam observar de maneira simples se determinada empresa é de crescimento ou não:

  1. A Empresa Investe em Mercados de Massa: quanto mais consumidores existirem para um produto, mais as empresas desse setor tendem a possuir uma boa performance. As empresas de crescimento são companhias que estão presentes em mercados grandes, nos quais os negócios são escaláveis, exigindo proporcionalmente menos recursos para atingir mais pessoas.
  2. Barreiras de Entrada: geralmente, as empresas de crescimento possuem patentes sobre os seus produtos, o que impede que réplicas sejam produzidas pelos concorrentes. Quanto menos concorrentes existirem no mercado, mais lucrativo ele será para as empresas que estão dentro.
  3. Crescimento de Lucros Acelerado: as empresas de crescimento conseguem apresentar um crescimento de lucro anual de dois dígitos ou mais.
  4. Crescimento de Receita: existem ainda aquelas empresas que não dão lucro, mas que crescem a sua receita exponencialmente, sendo que estão se estruturando para gerar lucro no futuro. As empresas de crescimento geralmente apresentam dois ou três dígitos de crescimento de receita em relação ao último ano.
  5. Gestão Inovadora e Competente: não é novidade para ninguém que as empresas que mais crescem possuem um rosto à sua frente, geralmente um (a) empreendedor(a) extremamente competente e capaz de executar primorosamente o que precisa ser feito. Além disso, geralmente são pessoas inovadoras e que pensam diferente do resto.

O crescimento geralmente faz com que esse tipo de empresa tenha múltiplos elevados, pois investidores estão dispostos a pagar mais por essa perspectiva de crescimento futuro, que é incerto, por isso, se torna complexo descobrir o Valor Intrínseco dessas empresas

No entanto, embora as ações de crescimento sejam muito atraentes, elas não devem ser exclusivas em um portfólio balanceado, visto que são muito voláteis e sofrem mais durante as quedas.

Espero que tenha ficado claro o porque a Tesla não paga dividendos nesta fase de crescimento.

Gosta de ações de crescimento ou tem alguma dúvida sobre o assunto? Comente abaixo o que você pensa sobre isso!