Para entender O Que é Short Selling primeiro é preciso entender qual o significado de estar Short em um ativo.

Existem dois posicionamentos que você pode ter em relação a um determinado ativo, você pode estar na ponta comprada (ou long em determinado ativo) ou na ponta vendida (ou short em determinado ativo).

Se você está na ponta comprada, você acredita que a cotação de uma ação vai subir (caso contrário não haveria motivo para comprá-la). Por outro lado, se você está na ponta vendida, você acredita que a cotação dessa mesma ação vai cair.

Por isso, se você acha que a cotação do ativo vai cair, é mais inteligente vendê-lo agora e recomprar mais barato.

A diferença é que através do Short Selling, você não precisa ter esse ativo para vender, você pode pegar ele emprestado de outro investidor, através do aluguel de ações.

Por Que Fazer Short Selling

É possível utilizar a Estratégia de Short Selling de diversas formas. Traders podem utilizá-la como especulação e Investidores podem utilizar como Hedge (ou Proteção) contra possíveis quedas no mercado ou relacionadas a uma posição específica em que estejam Long (comprado).

Short Selling faz bastante sentido quando você possui firmeza que determinada ação deve cair no curto prazo, seja por características da própria empresa, por mudanças que estejam acontecendo no setor em que a empresa atua ou até mesmo por pura especulação (no caso dos Traders).

Nesses casos, Short Selling é uma maneira fácil de lucrar com a queda desta ação.

No entanto, todo retorno sempre vem acompanhado de um risco. No caso dessa estratégia, ela pode ser lucrativa quando o investidor está certa, mas carrega um enorme risco: o preço de uma ação pode cair 100%, mas pode subir até o infinito.

Vamos entender os possíveis resultados de um Short Selling em dois cenários diferentes:

  1. Lucro: Imagine um Investidor que acredita que a ação de Petrobras (que hoje custa cerca de R$ 30,00) deve cair de preço nos próximos 3 meses. Nessa situação, ele pega emprestado 100 ações de Petrobras com outro investidor (através do aluguel de ações) e vende elas no mercado a R$ 30,00 cada, ficando Short em Petrobras. Um mês depois, as ações caem para R$ 25,00 e o investidor decide finalizar a posição Short, por isso recompra as 100 ações no mercado por R$ 25,00 cada. Ele devolve essas ações ao investidor que o emprestou e fica com o lucro de R$ 5,00 por ação (assumindo que não haja taxas, comissões e juros na conta de margem).
  2. Prejuízo: Usando o mesmo cenário, o Investidor decidiu não finalizar a posição em R$ 25,00. No entanto, no mês seguinte, a Petrobras encontrou um novo e extraordinário campo de petróleo no norte do país e por isso as ações subiram para R$ 60,00. Nesta situação, o prejuízo do Investidor é de R$ 30,00 por ação, pois ele vai ter que recomprar as ações no mercado por R$ 60,00 cada para devolver ao outro Investidor que o emprestou (assumindo que não haja taxas, comissões e juros na conta de margem).

Essas são situações simplificada, em que não são consideradas taxas, comissões e juros sobre a conta de margem.

Em uma situação real, a Corretora pode exigir a abertura de uma conta de margem, obrigando o Investidor a aportar garantias suficientes para minimizar os riscos de um calote (caso a operação seja um fracasso para o Investidor).

Essa garantia pode ser composta por títulos do Tesouro Direto, CDBs, LCI/LCA e até mesmo outras ações que o Investidor possua. Isso é necessário, pois se trata de uma operação de alto risco, então é preciso garantir que o Investidor terá recursos suficientes para honrar com a obrigação na data de vencimento.

É possível perder todo o dinheiro. Quando a posição chegar uma perda de 80% a 90%, a corretora vai fechar automaticamente a posição.

Como Fazer Short Selling

Na Estratégia de Short Selling, uma posição é aberta quando um Investidor pega as ações de determinada empresa emprestadas de outro investidor, pois acredita que elas vão diminuir de preço no curto prazo. Essa operação é feita por meio de uma Corretora.

Para abrir essa posição, a Corretora exige a abertura de uma Conta de Margem e o aporte de garantias nela.

como funciona short selling
Como Funciona o Short Selling

Após pegar as ações emprestadas, o Investidor vende essas ações na Bolsa de Valores para outros Investidores dispostos a pagar o preço de mercado atual por elas.

O Investidor recebe o dinheiro da venda das ações e fica com ele até o fim da operação. Quando esse Investidor acredita que a ação já diminuiu de preço o suficiente, ele finaliza a operação recomprando as ações no mercado e devolvendo ao Investidor doador das ações.

Por sua vez, quem aluga as ações não faz isso de graça. Esses Investidores recebem uma taxa de aluguel, caso o tomador não pague o que foi estabelecido, as garantias são oferecidas e/ou as ações são devolvidas (os riscos para o doador das ações são baixos, porque a operação é intermediada pela Bolsa de Valores e pela Corretora).

Para quem toma as ações emprestadas, é válido alertar que a Estratégia de Short Selling pode resultar em Perdas Ilimitadas, visto que o preço de uma ação não possui limite máximo para subir. Por outro lado, os Ganhos são limitados a 100%, pois as cotações das ações só podem cair até R$ 0,00.

perdas infinitas short selling
Perdas ao Infinito e Além

Short Selling é uma estratégia avançada, que só deve ser utilizada por traders e investidores experientes, que estejam cientes do risco que estão correndo.

O Que é Long And Short

Uma outra estratégia que envolve o Short Selling é conhecida como Long and Short.

No Long and Short, o Investidor faz o mesmo processo que foi explicado anteriormente para o Short, a única diferença é que os recursos originados da venda das ações no mercado são utilizados para comprar outras ações (que o Investidor acredita que vão subir).

Supondo que o Investidor acredita no mesmo cenário de que as ações de Petrobras vão cair no curto prazo, mas também acredita que as ações de Vale vão subir nesse mesmo período, então, ele aluga as ações de Petrobras, vende elas no mercado e com esse dinheiro compra as ações de Vale.

Algumas das principais vantagens desse tipo de operação em relação ao Short Selling puro são que:

  • O crédito da ponta Short (isto é, o recurso da venda das ações alugadas) será utilizado na compra do outro ativo (ponta long da operação), essa ação comprada pode ser usada como garantia para a bolsa.
  • O Investidor aproveita a distorção das cotações, se beneficiando tanto da alta da ação comprada quanto da baixa da ação vendida.

No entanto, essa estratégia também envolve a abertura de uma conta de margem e pode ocasionar grandes perdas se a ação comprada cair e a ação vendida subir (o que não é improvável)

Como não era o tema central do artigo, se você quiser saber ais sobre a Estratégia Long and Short, esse vídeo feito pelo Raphael Figueiredo, da Eleven Financial explica todos os detalhes e características desse tipo de operação.

Por Que Não Fazer Short Selling

Alguns anos atrás, em uma matéria reportada pelo site MarketWatch.com, um pequeno empresário de 32 anos do Arizona tinha inicialmente $37,000 na sua conta da Corretora.

Ele decidiu ficar Short em uma empresa farmacêutica, chamada KaloBio Pharmaceuticals, que estava à beira da falência, em uma fase anterior a liquidação.

No entanto, o cenário mudou completamente quando uma outra empresa entrou na jogada, fazendo uma oferta por uma ampla porcentagem das ações, com o objetivo de manter a companhia funcionando.

perigos do short selling
Fonte: MarketWatch.com

Essa oferta era relativamente alta e tinha um prêmio em relação ao preço atual de mercado. Como resultado disso, as ações da empresa subiram absurdamente em um curto período de tempo.

O resultado para aquele Investidor foi que em alguns minutos, ele se encontrou em uma situação de prejuízo de $145,000.

A Corretora, através do seu sistema de gerenciamento de risco, finalizou a operação automaticamente, pegando os $37,000 que o Investidor tinha inicialmente na conta.

Depois disso, o prejuízo total era de pouco mais de $106,000, uma quantia enorme para uma pessoa comum, o que certamente alterou o curso da vida do rapaz.

chamada de margem
Fonte: MarketWatch.com

A Corretora não toma risco de graça e vai tentar de todas as formas possíveis reaver o seu dinheiro, o que pode forçou esse investidor a realizar uma Vaquinha Online para arrecadar fundos.

Essa estratégia é adequada apenas para investidor avançados, com perfil de risco elevado. Para investidores mais conservadores, pode ser melhor utilizar a Estratégia de Value Investing, Escolher Ações Que Pagam Bons Dividendos ou utilizar a Estratégia Barbell.