Neste artigo, você vai descobrir Quais Podem Ser Os Melhores Setores Da Bolsa De Valores Para Investir Em 2020.

Mesmo com a alta expressiva das ações no último ano (o IBOVESPA subiu 31,58% em 2019), muitos agentes do mercado, como os bancos e as casas de análise, ainda acreditam que o Bull Market (ou mercado de alta) está em um estágio inicial.

melhores-setores-da-bolsa

Todas essas expectativas estão correndo em razão das melhoras econômicas que estão sendo esperadas para o Brasil nos próximos anos, devido a aprovação de reformas importantes para a saúde fiscal do país, privatização de empresas estatais e desburocratização.

Assim, mesmo com o IBOVESPA batendo recorde atrás de recorde,ainda existem algumas oportunidades nas ações brasileiras, principalmente nos setores que tendem a “surfar” melhor essa retomada econômica do Brasil.

Os Setores Da Bolsa de Valores

A B3 classifica as ações em diversos setores, dependendo das características das suas atividades operacionais.

De acordo com a classificação oficial, os setores da bolsa de valores brasileira são os seguintes:

  • Bens Industriais
  • Comunicações
  • Consumo Cíclico
  • Consumo não Cíclico
  • Financeiro
  • Materiais Básicos
  • Petróleo, Gás e Biocombustíveis
  • Saúde
  • Tecnologia da Informação
  • Utilidade Pública

Entender os setores e as suas particularidades é fundamental para qualquer investidor.

Sempre é interessante (e essencial) comparar a performance de determinada empresa com a performance do seu setor como um todo, para descobrir se os números da empresa estão bons ou ruins em relação aos seus pares.

Você pode achar que uma empresa é uma boa compra, mas antes de pesquisar a situação dos seus rivais, você não pode ter certeza disso.

Em razão de diversos fatores, existem momentos em que setores vão mal como um todo, o que é relativamente normal. No entanto, quando uma empresa vai mal e o resto das empresas do mesmo setor vai bem, pode estar acontecendo um problema de Governança Corporativa (que geralmente é resultado de incompetência da gestão).

Se você Investe em Ações nos Estados Unidos, é possível investir em um setor inteiro com um único clique, comprando um ETF (Exchange Traded Fund) que segue a performance das ações de um setor como um todo, sendo uma maneira relativamente barata (baixas comissões) de se expor a determinado setor que você pensa estar caminhando para um bom momento.

Por Que Entender Sobre Os Setores Da Bolsa

Observar os setores da Bolsa de Valores também permite que você entenda como os diferentes negócios se relacionam uns com os outros.

Por exemplo, se você pensa que o preço do petróleo vai cair no futuro próximo, pode ser uma boa hora para vender ações de petroleiras e comprar ações de empresas de transporte, como transportadoras e companhias aéreas, pois o combustível corresponde a grande parte dos custos destas companhias (e como ele está mais barato, o lucro dessas empresas tende a aumentar).

setores-da-bolsa-de-valores

Dentro da ideia de Diversificação, é imprescindível que um investidor esteja exposto a diferentes setores, tendo um Portfólio de Ações Completo, que não esteja tão vulnerável aos efeitos negativos da concentração.

Quais os Melhores Setores da Bolsa Para Investir Em 2020?

Na Bolsa de valores, as cotações das ações tendem a seguir as cotações das ações no médio/longo prazo, ou seja, se os lucros das empresas aumentarem, as cotações dessas ações tendem a aumentar. Da mesma forma, se os lucros das empresas caírem, as cotações dessas ações tendem a cair.

Entender sobre os setores e como eles se beneficiam do ambiente macroeconômico é fundamental para ter uma ideia para onde vão as cotações das empresas que fazem parte dele.

Assim, aliando isso com uma análise individual da situação interna da empresa (usar a Estratégia de Value Investing é uma das melhores formas de entender isso…), você consegue saber se é hora de comprar ou vender determinada ação.

Com base na situação econômica atual, você vai ver agora quais tendem a ser os 4 melhores setores da Bolsa de Valores em 2020.

Construção Cívil

O setor de construção civil é um dos mais ligados ao Produto Interno Bruto (PIB) de um país, isso porque a maioria da população não pensa em trocar de casa ou apartamento quando o país está em crise.

So para ter uma ideia, em 2015, quando o Brasil estava em um período de recessão, sofrendo as consequências dos escândalos trazidos à tona pela Operação Lava-Jato, as construtoras simplesmente não conseguiam vender nada.

construcao-civil-bolsa-de-valores

Neste período, foram contabilizadas cerca de 600 mil demissões e o setor em conjunto registrou uma queda de 98% nos lucros das companhias.

No entanto, depois de anos na pior, o mercado imobiliário acordou. Em São Paulo, alguns bairros como Moema, Itaim Bibi e Vila Mariana estão com canteiros de obras e plantões de venda em todos os cantos.

Os fatores que possibilitaram essa retomada no setor foram principalmente:

  • Recuperação da atividade econômica aliada à queda nas taxas de desemprego
  • Corte na taxa básica de juros (Selic), que reduziu os juros dos financiamentos imobiliários
  • Estabilização da oferta de moradias com a redução no volume de lançamentos dos últimos anos
  • Aprovação da nova Lei dos Distratos (regulamentação sobre as obrigações entre a construtora e o consumidor caso haja um descumprimento no contrato de compra)

Todos esses pontos criam um ambiente muito positivo para as empresas do setor de construção civil.

O setor deve crescer mais na economia real e menos na Bolsa, porque grande parte da melhora esperada nas demonstrações financeiras destas empresas já foi antecipada pelo mercado, mas ainda existem oportunidades.

Petróleo

Por mais que a humanidade esteja caminhando para uma redução na utilização de petróleo, ainda existe plena demanda em todo o planeta por este tipo de combustível.

Junto a isso, pensando em um cenário de incertezas no Oriente Médio, principalmente em função das recentes tensões entre Estados Unidos e Irã, as petroleiras podem despontar ainda neste ano.

bolsa-de-valores-setores

A agência de classificação de risco Moody’s mantém estimativas de médio prazo do preço do barril de Petróleo Brent entre 55 dólares e 75 dólares, afirmando que 2020 tende a apresentar volatilidade elevada nos preços dessa commodity.

Neste cenário, aliado a um contexto em que o dólar permaneça nos patamares atuais (R$ 4,00 ou mais) as petrolíferas brasileiras listadas na B3, Petrobras, PetroRio e Enauta podem apresentar um bom desempenho neste ano.

Frigoríficos

Com a forte demanda global por carnes e menor oferta de proteína animal, devido a surtos e ao momento favorável ao setor de bovinos nos Estados Unidos, o ano de 2020 tende a ser positivo para o setor.

Com a Peste Suína Africana, analistas estimam que metade do rebanho de porcos da China tenha sido dizimada, o que tende a afetar a oferta de proteínas por um tempo razoável, sendo o principal impulsionador de bons resultados para frigoríficos em 2020.

Com a oferta chinesa de proteínas ainda restrita devido aos efeitos da Peste, os países exportadores devem seguir beneficiados pelos preços mais altos no mercado internacional, em razão da diminuição da oferta.

Se este cenário vier a se concretizar, as ações de Marfrig, JBS e BRF podem ter boas performances neste ano.

Varejistas

Não é novidade para ninguém que as empresas varejistas são muito dependentes dos ciclos econômicos para entregar uma boa performance.

Embora já tenham entregado alguma rentabilidade até o fim de 2019, diversos analistas e gestores apostam firme no setor para continuar tendo um desempenho acima do mercado em 2020.

varejo-bolsa-de-valores

Um contexto de juros mais baixos e desemprego em queda fomentaram a retomada econômica, em as famílias consequentemente acabam consumindo mais, o que é muito positivo para o setor de varejo.

Em razão disso, deve-se observar um aumentos nas vendas e no lucro líquido das varejistas em 2020, fator que tende a manter os múltiplos do setor em patamares elevados.

O Setor Não Diz Tudo

Por mais que esteja em um setor promissor, existem diversas outras variáveis que podem influenciar nos fundamentos de uma ação, por isso, o setor de atuação não deve ser utilizado como único parâmetro para dar suporte a tomada de decisão de comprar uma ação ou não.

Agora que você já viu quais podem ser os melhores setores da Bolsa de Valores em 2020, se você quiser saber exatamente como encontrar as ações mais promissoras, Descubra Agora Os 41 Maiores Segredos Para Escolher Ações Vencedoras.