O mercado de ações americano é o maior do mundo e muitos investidores brasileiros estão aproveitando a Crise para Comprar Ações nos Estados Unidos. Neste artigo você vai entender Quais são as Melhores Ações Americanas para Comprar em 2020.

Em função dos estímulos injetados na economia pelo Governo Americano, diversos analistas acreditam que o S&P500 deve voltar a patamares maiores antes dos Mercados Emergentes, como o Brasil.

Lembrando apenas que isso é uma opinião pessoal e de forma alguma deve ser interpretado como recomendação ou indicação de investimentos.

Basicamente, o foco deste artigo é informar as principais características que um Investidor deve observar nas empresas para escolher as melhores Ações em momentos de Crise, nos quais surgem diversas barganhas.

Como Analisar Ações em Momentos de Incerteza

O momento atual é de extrema incerteza. Ninguém sabe prever quais serão os reais impactos do Coronavírus e nem quanto tempo vão durar.

De certa forma, os preços das ações refletem isso, mesmo que em alguns casos parcialmente.

Com certeza vamos enfrentar uma Recessão de Lucros à frente, com uma probabilidade grande de se tornar uma Recessão Econômica. Ninguém sabe até que ponto o mercado pode cair, por isso é importante analisar as oportunidades individuais que estão na mesa.

melhores ações americanas

Os setores mais afetados no curto prazo provavelmente serão os de aviação, hospitalidade, comida, varejo e entretenimento (eventos, shows, parques, etc…), embora praticamente todos os negócios sejam atingidos de uma forma ou outra pelos impactos da Pandemia.

Nesse cenário, existem alguns critérios que devemos observar nas empresas antes de entender se determinada Ação é uma oportunidade, pois quando o mercado todo cai muito, não só devemos nos basear em preço, mas também em qualidade.

  • Caixa Robusto

Uma ação só é uma oportunidade no momento atual se a empresa possuir uma boa quantia de dinheiro em caixa para manter os negócios no período de crise.

Como Investidores, precisamos nos focar naqueles negócios que vão sobreviver, e possivelmente se tornarão mais fortes e enxutos no futuro, remodelando processos, reduzindo custos e aumentando a eficiência.

  • Fluxo de Caixa Positivo

Um Investidor sabe que os lucros apresentados em um balanço podem ser enganosos.

O lucro líquido é um produto da contabilidade e diversos fatores podem influenciar esse indicador, sendo que uma empresa pode apresentar muito lucro líquido, contábil, mesmo tendo fluxo de caixa negativo.

O melhor indicador para avaliar o Fluxo de Caixa é o Fluxo de Caixa Livre (Free Cash Flow), que consiste nas Receitas menos Custos da Operação e os Custos de Capital.

A visualização permitida pelo Fluxo de Caixa Livre torna a situação muito mais nítida do que observar apenas o Lucro Líquido.

Empresas que historicamente geram um enorme Fluxo de Caixa Livre vão ter menos dificuldades do que empresas que possuem Fluxo de Caixa Livre negativo nos últimos períodos.

  • Solidez do Modelo de Negócio

As crises são bons momentos para comprar empresas sólidas, de qualidade, que já passaram por outros períodos de turbulência no passado.

Essas empresas possuem modelos de negócio provados no tempo, com marcas fortes e clientes fiéis.

  • Dívida Controlada

Alguns modelos de negócio fazem as empresas funcionarem de forma muito alavancada, pois demandam muito capital para a manutenção das operações e investimento. Um exemplo clássico disso são as Companhias Aéreas, que no geral estão em péssima situação.

Essas empresas vão sofrer mais no curto prazo, sendo que algumas inevitavelmente não vão passar por essa crise.

Portanto, precisamos observar os cronogramas de amortização de dívida das companhias, entendendo quais delas possuem dívidas mais alongadas e que não serão problema no curto prazo.

Além disso, o momento também é mais favorável para empresas com custos fixos menores e receitas mais previsíveis.

As 6 Melhores Ações Americanas para o pós-Coronavírus

Depois de entender quais são as características que devemos observar nas empresas, chegou a hora de ver as melhores ações americanas para o período pós-crise.

Lembrando novamente que isso não deve ser entendido como recomendação de investimentos e não passa opinião pessoal com intuito informativo.

  • Alphabet Inc. (GOOGL)

A nossa lista das Melhores Ações Americanas começa com a Alphabet, a holding que controla o Google e todas as suas subsidiárias. Se formos para pensar, o Google e seus produtos são parte fundamental dos nossos dias.

google ações
Companhias controladas pela Alphabet

Muitos analistas baixaram as suas expectativas para a ação, em razão da receita com anúncios ser impactada no curto prazo. No entanto, a empresa é extremamente diversificada e outros produtos estão ganhando relevância, como por exemplo o YouTube, plataforma com extremo potencial.

Além disso, conforme dados do fim de 2019, a Alphabet tinha aproximadamente U$S 104 bilhões em caixa. Tendo finalizado 2019 com um Fluxo de Caixa Livre de U$S 28 bilhões.

Ainda, a empresa possui dívida reduzida e controlada, o que a coloca em uma posição privilegiada para possíveis aquisições de concorrentes em meio a Crise do Coronavírus.

  • AT&T Corporation (T)

A AT&T é uma empresa de telecomunicações (que também está entrando no mercado de conteúdo), conhecida no mercado por pagar altos dividendos ao longo das últimas décadas.

at&t

Basicamente, os negócios da AT&T dependem das margens da divisão de wireless, por isso, a empresa possui papel central na implementação da tecnologia 5G nos Estados Unidos.

Nos próximos anos, o uso de dados será cada vez maior, por isso a empresa parece estar bem posicionada do ponto de vista estratégico.

Por último, a empresa de telecomunicações possui bom histórico de lucratividade e tende a pagar bons dividendos nos próximos anos.

  • Adobe Systems Inc. (ADBE)

A Adobe é uma empresa de tecnologia que possui extrema diversificação e provavelmente é a “mais cara” da nossa lista (com múltiplos mais elevados). Ficou mundialmente conhecida na década de 90 por inventar os arquivos em formato PDF.

A empresa oferece softwares e plataformas digitais relacionadas a criatividade, além de soluções de armazenamento na nuvem, sendo que o seu produto mais conhecido é o software Photoshop, utilizado em larga escala no mundo inteiro.

adobe
Produtos e Negócios da Adobe

Sem dúvidas é uma empresa cara, mas em compensação é um excelente negócio, com margens elevadas e que tende a apresentar ótimo crescimento nos próximos anos.

  • The Walt Disney Company (DIS)

A Disney é muito mais do que os parques, se trata de um conglomerado de mídia gigantesco e diversificado (caso fosse uma empresa apenas de parques, os investidores estariam muito mais preocupados).

disney

Ainda que a empresa esteja sofrendo no curto prazo, muitos negócios da empresa são excelentes e possuem futuro promissor para os próximos anos. A Disney possui patentes, solidez e marcas reconhecidas para passar pelo momento atual.

  • McDonald’s Corporation (MCD)

Certamente você conhece e gosta dos hambúrgueres do McDonald’s. A empresa opera milhares de restaurantes no mundo inteiro, tanto diretamente, quanto através de franquias.

mcdonalds ações

Embora tenham fechado os restaurantes para o público consumir os produtos no formato “dine-in”, a empresa continua atendendo através de drive-thru, pedidos para levar e serviços de delivery (os quais estão sendo reforçados e podem ser uma espécie de “legado” da Crise para a empresa).

A empresa tomou uma série de medidas para preservar o seu caixa e reduzir as despesas de capital. Particularmente, acredito que não existe chance de o McDonald’s não estar funcionando em 5 ou 10 anos.

  • Berkshire Hathaway (BRK.B)

No fim da lista das Melhores Ações Americanas, temos a Berkshire Hathaway, a holding de Warren Buffett (o maior investidor do planeta), uma das figuras centrais do Value Investing.

A empresa possui participações relevantes em mais de 60 empresas, incluindo gigantes como Apple, JP Morgan, American Express, entre outros.

warren buffett melhores ações

Warren Buffett foi muito criticado nos últimos anos pela performance das ações da Berkshire Hathaway, que foram pior que o mercado em razão de a empresa manter muito dinheiro em caixa, sem investir.

Essa “fraqueza” se tornou um belo trunfo nesta crise. Hoje a empresa possui aproximadamente U$S 128 bilhões em caixa, guardados para situações como essa.

Além disso, acredito que a principal vantagem competitiva da Berkshire Hathaway (que foi um dos principais fatores para a riqueza de Warren Buffett): a empresa consegue se financiar com o dinheiro dos outros, a juros extremamente baixos.

Como Investir Em Ações Americanas

Se você tiver interesse, fizemos um Guia Completo com instruções para Investir em Ações nos Estados Unidos, passo-a-passo (é muito simples, mais do que parece).

Ainda, se você desejar mais praticidade e não quiser escolher Ações individualmente, uma outra maneira de se expor ao mercado americano é através de Bons ETFs.

Por fim, a melhor coisa que podemos fazer como investidores de longo prazo é comprar ações pensando nos negócios que estão por trás dos números. Comprar excelentes negócios, bem administrados e segurar essas ações por muitos anos nunca deu prejuízo, sendo uma Estratégia Vencedora.

Quer aprender a escolher as Ações certas? Baixe Agora Gratuitamente o nosso Checklist com os 25 Critérios para Escolher as Melhores Ações!