Desde 1965, a ações da Berkshire Hathaway, a empresa de investimentos de Warren Buffett já retornaram absurdos 884.319,00%. Então vem a pergunta: Como ser Warren Buffett?.

Esse retorno estrondoso foi resultado de investimentos certeiros, em empresas que na época eram desconhecidas, mas que viraram protagonistas do mundo.

Isso vai muito de acordo com a filosofia do próprio Warren Buffett, que busca ignorar a volatilidade do mercado no curto prazo, focando apenas nos potenciais das empresas para o sucesso no longo prazo.

Neste artigo, vamos entender porque tentar atingir o mesmo patamar de Warren Buffett é impossível para um Investidor Comum (embora as suas dicas para escolha de ações sejam fantásticas e úteis).

Quem é Warren Buffett

Vamos começar com a biografia do velhinho de Omaha.

Warren Edward Buffett nasceu em 1930, durante o período conhecido como Grande Depressão.

como ser Warren Buffett
Warren Buffett

Desde que era criança, Buffett sempre demonstrou interesse por fazer e guardar dinheiro, tendo iniciativas de empreendedorismo até mesmo enquanto estava na escola.

Warren se formou na Escola de Negócios de Columbia, em Nova Iorque, sendo que um dos seus principais mentores foi o seu professor Benjamin Graham, autor do mais famoso livro sobre Investimentos, O Investidor Inteligente (provavelmente o livro mais importante para quem quer aprender a construir riqueza através de ações).

Por sua vez, Graham é um dos país da Estratégia de Value Investing, passando essa filosofia de investimento para Warren Buffett.

Value Investing, na sua forma original, consiste em comprar ações que negociem a preços abaixo do seu valor intrínseco, isto é, do que elas realmente valem.

Como resultado disso, nos seus primeiros anos como Investidor, Buffett comprava negócios bons ou ruins, desde que estivessem em um preço que julgava adequado.

Isso durou até Buffett começar a ser influenciado por Charlie Munger, que se tornou o seu melhor amigo e vice-presidente da Berkshire Hathaway.

O jeito Charlie Munger de investir levava muito em conta a qualidade, ele acredita que vale a pena pagar mais hoje por ações de um negócio excelente, que vão parecer baratas em cinco anos ou mais.

warren buffett e charlie munger
Warren Buffett e Charlie Munger

Esse modo de pensar foi um dos principais motores para a Berkshire Hathaway estar onde está hoje.

O Jeito Warren Buffett De Investir

Value Investing não é sexy e nem glamouroso, na verdade, pode até se tornar monótono em alguns momentos. O ponto principal é buscar o que Graham chama de Margem de Segurança.

Ao contrário de Traders que negociam a todo o segundo, Value Investing requer muito estudo e movimentos quase estratégicos, comprando ações quando todos estão pessimistas e vendendo quando todos estão otimistas.

value investing

Warren Buffett chegou onde chegou porque sabe o que olhar nas empresas e quando compra-las. Os 5 principais aspectos que ele observa são esses:

1. Entender As Ações Como Negócios

Buffett sempre lembra que os Investidores não devem entender as ações apenas como flutuações de curto prazo, afinal as ações são parte de negócios, que operam todos os dias, geram receita e empregam pessoas.

Um portfólio de ações é mais do que uma dúzia de siglas, deve ser uma coleção de bons negócios.

No longo prazo, bons negócios ajudam Investidores a prosperarem, sendo assim, ele busca empresas que consegue entender, com projeções favoráveis para o longo prazo, operadas por pessoas honestas e com um preço atrativo.

Warren Buffett evita empresas que atuam em setores complexos e dinâmicos, sujeitos a mudarem do dia para a noite. Ele preza por certa previsibilidade em lucros e fluxo de caixa.

2. Separar Preço de Valor

Uma das principais máximas de Buffett é comprar ações ao preço certo, isto é, ao seu Valor Intrínseco.

Ele não se interessa pelas flutuações de curto prazo, mas sim por comprar ações a um preço que reflita de forma verdadeira o valor do negócio da empresa.

Buffett acredita que uma hora ou outra, se o negócio for bom, o mercado vai levar as ações ao preço certo, e assim ele vai ganhar dinheiro.

Um negócio excelente pode ser um péssimo investimento se comprado por um preço muito elevado.

Warren Buffett

A questão maior é: todo valor precisa ter o seu preço.

3. Buscar Vantagens Competitivas Duráveis

Warren Buffett gosta de empresas que possuem Vantagens Competitivas duráveis (e sustentáveis no longo prazo), ele chama isso de “moat”, que em português significa algo similar a um fosso.

Ele compara as empresas a castelos, os quais devem possuir esses fossos como forma de proteção. As empresas que não possuem vantagens competitivas podem ser destruídas pelos competidores à qualquer momento.

Para Buffett, as melhores empresas possuem produtos e serviços necessários ou desejados, para os quais os consumidores não consigam achar substitutos diretos. Além disso, poder de preço e necessidade de capital baixa são critérios importantes para o Oráculo de Omaha.

4. Investir Em Ativos Geradores De Caixa

Buffett acredita que os ativos geradores de caixa são os melhores para proteger um portfólio de investimentos da inflação, por isso gosta de ações de empresas que possuam poder de preço (não gosta de commodities) ou requerem pouco capital para serem mantidas

O velhinho é contra investir em Moedas, Commodities, em específico o Ouro (veja se Vale a Pena Investir Em Ouro Em 2020), Bonds e Bitcoin, em razão de acreditar que esses ativos não geram caixa, portanto não possuem Valor Intrínseco.

5. Não Super-Diversificar

Diversificação, isto é, a prática de dividir os seus recursos em diversas ações diferentes não é a mais valorizada por Buffett.

Embora ele acredite que um Investidor não deve colocar todo o seu dinheiro em apenas uma empresa, ele prefere concentrar os seus recursos. Na sua opinião, 5 a 10 ações diferentes são o ideal para um portfólio.

O seu raciocínio para isso é relativamente simples:

Se você encontrou a ação ideal, por que comprar só um pouco? Ter muito de uma coisa excelente é maravilhoso

Warren Buffett

Para Buffett, a melhor maneira de diluir o risco de algo dar errado é comprando boas ações com Margem de Segurança.

Porque Warren Buffett Não Pode Ser Replicado Por Pessoas Comuns

Infelizmente, o sucesso de Warren Buffett não pode ser replicado por pessoas comuns. Ninguém vai conseguir entrar na lista dos homens mais ricos do mundo apenas comprando as ações certas.

Buffett chegou onde chegou porque adora o negócio de Seguros. Durante os anos, ele adquiriu diversas participações em Seguradoras, sendo a principal delas a Geico.

A Geico foi crucial para o sucesso de Buffett
A Geico foi crucial para o sucesso de Buffett

Ele tem essa adoração pelas Seguradoras em função dos seus modelos de negócio:

  • Seguradoras recebem o dinheiro dos prêmios (o valor dos seguros adquiridos pelas pessoas) antecipados e pagam os sinistros mais tarde.
  • No meio termo, o dinheiro pode ser investido, sendo que o lucro proveniente desta atividade pode ser mantido.
  • Além disse-se os prêmios excedem os sinistros, esse dinheiro também vai para o lucro das seguradoras.

Ao comprar seguradoras inteiras, Buffett ficava com o dinheiro dos prêmios para investir em ações. Como ele investiu nas ações certas, obteve resultados incríveis.

Sendo assim, ele ficou rico utilizando o dinheiro dos outros.

Ele captava dinheiro a uma taxa extremamente baixa (até mesmo negativa em alguns anos), investia em boas empresas e mantinha os lucros.

Ainda, quando precisava pagar os sinistros, ele geralmente pagava menos do que a quantia total que captava inicialmente.

Por mais que seja contra operações alavancadas, a estrutura de capital da Berkshire Hathaway é alavancada, justamente por causa das seguradoras que possui.

Essa é a chave do sucesso da Berkshire Hathaway, embora tenham realizado um excelente trabalho no controle de riscos dos Seguros, saindo do mercado quando os riscos estavam muito altos em relação ao retorno, o que é primordial para o sucesso de uma Seguradora.

Outras Seguradoras que tiveram retornos medianos neste mesmo período foram bem mais conservadoras e investiram o dinheiro dos prêmios em Títulos do Tesouro (que são praticamente livres de risco por sua natureza).

Esse alavancagem proveniente dos Seguros deu escala a Buffett, que sempre teve acesso a capital abundante e possibilidade de controlar empresas, oportunidades que estão fora do alcance do Investidor Comum.

É provável que nenhuma outra empresa consiga repetir o tamanho do sucesso da Berkshire Hathaway e Warren Buffett. No entanto, as suas metodologias para escolher ações são extremamente valiosas para todas as pessoas.