Estamos sendo testemunhas de um evento sem precedentes na história, o Coronavírus, que também vêm impactando o mercado financeiro. Assim, neste artigo você vai entender porque pode ser um erro procurar Ações Baratas para Comprar neste momento.

Antes de entender os problemas por trás de adquirir ações baratas agora, vamos passar primeiro pelo conceito de “Ações Baratas”.

Como Identificar Ações Baratas para Comprar

Entende-se por Ações Baratas aquelas que estão precificadas abaixo do seu valor intrínseco.

De acordo com a Firm-Foundation Theory, todas as ações estão ancoradas nos ativos da empresa que representam, isto é, caixa, estoques, imóveis, entre outros.

Essa teoria permite a nós investidores encontrar o valor justo de uma ação e compará-lo com a cotação atual. Caso o valor justo esteja acima da cotação atual, o investidor possui maior Margem de Segurança.

No entanto, nas situações em que o valor justo da empresa é maior que a sua cotação, o investidor precisa entender que existe outro fator influenciando os preços, que geralmente consiste na percepção de risco do mercado em relação àquela empresa.

Em alguns casos, a incerteza em relação ao futuro operacional de determinada empresa leva a quedas extremas em suas cotações.

Nos últimos meses, dois exemplos disso foram CVC e Azul, ambas companhias relacionadas ao turismo, setor que foi muito impactado pelo Coronavírus. O fluxo de caixa dessas companhias foi muito afetado, colocando em risco o futuro das empresas. Observe o que aconteceu com as cotações dessas ações:

cvcb3
Fonte: Google
azul4
Fonte: Google

Depois de mais de 60% do valor das firmas simplesmente evaporar, a pergunta é: essas ações ficaram baratas?

A resposta para isso é depende. NENHUMA ação cai muito sem motivo algum por trás. Observe também as ações da IRB Resseguros, que caíram nada menos do que 81% desde o topo em fevereiro.

ações baratas em 2020

Ao analisar a empresa a fundo, mesmo que pareça de fora uma grande oportunidade, pesam contra a companhia denúncias gravíssimas de fraude, que abalam toda a relação de confiança e transparência entre o mercado e a empresa.

Quando o Barato é Ruim

A questão de Ações Baratas para Comprar é complexa, visto que quando as cotações das ações de uma empresa caem muito, o nível de risco geralmente é maior.

Muitos investidores acabam caindo na tentação de comprar ações que despencaram pensando que se trata de uma grande oportunidade, quando na verdade pode ser uma enorme armadilha.

Para ilustrar isso, vou utilizar o caso da Hertz, uma tradicional locadora de veículos que pediu proteção à falência na última semana. A companhia já vinha mal antes do Coronavírus, que apenas “finalizou” a situação.

Observe o que aconteceu com a cotação das ações da Hertz nos Estados Unidos (identificadas em rosa) e o número de Investidores que estavam comprados (na linha verde)

ações baratas para comprar

Essa combinação de movimento deixa claro o que expliquei na seção anterior: nem toda grande queda significa oportunidade, justamente porque em algumas situações isso não é nada perto do que ainda pode acontecer.

O momento que estamos vivendo é singular, por isso o Investidor que quiser correr mais risco e achar Ações Baratas para Comprar agora PRECISA se atentar, no mínimo, aos seguintes aspectos:

  • A empresa deve ter um caixa robusto, pelo menos maior do que as dívidas que vencem em 2020
  • Procure negócios com histórico de lucratividade, boas margens e fluxo de caixa positivo nos últimos anos
  • Busque empresas com modelos de negócio sólidos, que ainda vão gerar resultado por bons anos à frente

Detalhei esses aspectos no artigo que escrevi sobre as 6 Melhores Ações Americanas para o pós-Coronavírus.

É impossível negar que existem Ações Baratas para Comprar Hoje que podem ser uma grande oportunidade em relação ao retorno que podem proporcionar em 1, 2 ou 5 anos, mas não devemos comprar nada de olhos fechados.

A grande questão é não colocar o seu dinheiro em ações que pareçam assimetrias positivas, mas que na verdade são enormes assimetrias negativas, visto que o cenário pode ter mudado.

Se o seu perfil de investidor for agressivo e você estiver convicto que correr determinado risco vale a pena, exponha apenas uma pequena parcela do seu patrimônio a ações mais arriscadas e diversifique. Um ótimo jeito de fazer isso é através da Estratégia Barbell.

Quer aprender a escolher as ações certas? Baixe o nosso Checklist Gratuito com os 26 Critérios para Escolher as Melhores Ações!